Landing Page Advogados: tudo que você precisa saber para o sucesso dos seus anúncios! [Atualizado para 2023]

landing page advogados

Uma Landing Page para Advogado de sucesso, ao contrário dos sites comuns, tem um objetivo apenas: fazer com que seus visitantes façam uma consulta, contratem o seu serviço ou se inscrevam na sua lista de e-mails. Distrações, como barras de navegação e botões de artigos e notícias, são deixadas de lado, pois podem fazer o seu potencial cliente navegar pelo site e não fazer o que você espera, como mandar uma mensagem de whatsapp para o advogado, por exemplo.

Com a concorrência cada ver mais acirrada entre os advogados, e a entrada cada vez maior dos escritórios de advocacia no mundo digital, a Landing Page é essencial para o sucesso e captação de clientes online. Saiba tudo sobre Landing Page para Advogado no nosso artigo abaixo.

Conteúdo

O que é uma Landing Page?

Landing page é a página de "aterrissagem". Ou seja, quando você clica em um anúncio, um link em um e-mail promocional ou um link bio de perfil de rede social, "aterrissa" em uma página que não teria encontrado de outra forma. Não faz parte da barra de navegação do site, e nem é a página institucional da empresa. Parece diferente de outras páginas no site. Por exemplo, você pode não encontrar links para outras páginas ou quaisquer pedidos para compartilhar a página nas redes sociais.

Isto porque a página tem um objetivo único: fazer você converter. Ou seja, a página visa convencê-lo a fazer algo que pode ser:

  • Comprar um produto.  Visa converter um cliente em potencial para um cliente pagante.
  • Preencher um formulário de contato.  Visa converter um visitante do site para um "lead", ou potencial cliente.
  • Inscrever-se em uma lista de e-mail.  Visa converter um visitante do site para um assinante em uma lista de e-mail.

No jargão de marketing, este tipo de página, que visa "converter o visitante", é chamado de página de aterrissagem, ou "Landing Page". Com a página livre de distrações, a empresa por trás dela pode se concentrar em construir rapidamente confiança e conexões emocionais com o visitante, para fazê-lo tomar agir de acordo com o que a empresa deseja.

Isto funciona com qualquer empresa de qualquer setor, seja de serviços ou produtos. E certamente as Landing Pages também são essenciais para os advogados que desejam captar mais clientes.

Se o advogado conseguir manter o potencial cliente focado, confiante e conectado, é mais provável que ele consiga mais um cliente!

  • Os advogados e escritórios de advocacia estabelecem confiança nas Landing Pages quando apresentam estatísticas, experiência profissional, livros/artigos publicados e prêmios na área. Também pode mostrar avaliações no Google, de outras pessoas que confiam nele.
  • Os advogados e escritórios de advocacia estabelecem conexões emocionais nas Landing Pages quando demonstram que entendem a situação da perspectiva do outro. Entre outras, as empresas podem expressar compaixão e alguma promessa (que irá de fato cumprir) para o potencial cliente.

Como fazer uma Landing Page de sucesso?

Para fazer uma landing page de sucesso, o advogado deve estabelecer uma meta clara de conversão (por exemplo, obter uma certa quantidade de novos clientes pagantes em um trimestre). Para isto, é essencial que colete os dados do seu site, por meio do Google Analytics e Google Search Console. Com estas ferramentas configuradas, é possível saber quanto tempo os visitantes gastam em sua landing page, e o mais importante: quantas pessoas que acessam efetivamente clicam no botão para entrar em contato com o advogado, ou enviam o formulário de contato, qualquer que seja a ação que o advogado deseja que o potencial cliente faça no site. Isso é mais conhecido como uma taxa de conversão.

Mas antes de criar sua landing page, é importante saber em qual cliente você vai focar. Alguns clientes em potencial querem contratar um advogado para resolver o seu problema no mesmo instante. Outros não necessariamente querem contratar no momento, ainda estão pesquisando sobre o assunto, querem tirar dúvidas e comprar quando for mais conveniente para eles. Você precisará de uma página de aterrissagem separada para cada um destes prospectos, pois o texto da página (copywritting) e a chamada para a ação (também conhecido como CTA, o texto que vai no botão que você quer que o visitante do site clique) precisarão ser muito diferentes.

Há basicamente 3 tipos de landing pages para advogados, cada um focado em uma ação para o potencial cliente:

  • Venda de serviços e produtos: Estes clientes já estão prontos e preparados para contratar um serviço ou produto, já passaram pela fase de aprendizado e agora querem logo contratar o serviço ou comprar o produto. Geralmente procuram no Google o serviço/produto específico para adquirir.
  • Gerar leads (contatos de potenciais clientes): Alguns clientes em potencial estão quase prontos para comprar, mas precisam falar com você antes para verificar se a empresa é uma boa opção para suas necessidades. Direcione esses potenciais clientes para uma landing page de advogados onde eles podem pedir mais informações ou agendar uma consulta inicial.
  • Obter inscrições por e-mail: Nem todos os visitantes estão prontos para comprar ainda. Alguns estão querendo aprender mais sobre um tema antes de marcar uma consulta com o advogado. Captá-los em sua lista de e-mail garante que você pode manter contato com eles e gradualmente construir confiança para que, quando estiverem prontos para comprar, sua empresa será a escolha óbvia. Para incentivar as inscrições por e-mail, ofereça um ebook gratuito, guia, checklist, participação no webinar ou até mesmo um desconto para um de seus serviços ou produtos.

 

9 Componentes essenciais da Landing Page de alta conversão para advogados

Como vimos, a Landing Page é muito diferente do site institucional. Por isto, é preciso cuidado para desenvolver uma landing page otimizada para o sucesso do advogado. A seguir estão nove estratégias-chave que facilitarão a construção de conexões emocionais e de confiança que geram conversões.

1. Concentre todos os esforços em estimular os visitantes a fazer uma única ação: entrar em contato com o advogado

À primeira vista, muitas páginas em um site podem visar direcionar os visitantes para fazer uma única ação, mas poucas realmente o fazem.

Em torno do artigo que você está lendo agora, existem várias chamadas para a ação (também conhecido como CTA "call to action", que são os textos nos botões), convidando-o a assinar a newsletter e ler mais conteúdo. Há também links para outras páginas em nosso site em nossas barras de navegação superior e inferior. Essas estratégias são intencionais; em nosso blog, queremos dar a opção para o visitante decidir o que fazer a seguir.

Uma Landing Page para advogado que anuncia no Google, ao contrário, tem um único objetivo específico: fazer o potencial cliente entrar em contato com ele — e deve fazer tudo o que puder para estimular os visitantes para concluir este único objetivo. Nenhuma outra distração, chamadas para a ação ou barras de navegação precisam estar lá.

2. Use sua Landing Page de advogado para criar uma experiência perfeita

Os clientes clicaram através de seu anúncio (ou story do Instagram ou newsletter, etc.) por um motivo. A primeira coisa que eles precisam perceber na Landing Page do advogado é que eles chegaram ao destino certo.

Imagine que o seu anúncio é sobre rescisão contratual com justa causa, focando atrair clientes para contratar os seus serviços de Advogado Trabalhista. Mas você direciona quem clica no anúncio para a página institucional do escritório de advocacia, onde menciona de tudo que vocês fazem: atuação nas áreas trabalhista, empresarial, tributário, direito de família. Há diversos botões em que o visitante pode navegar entre as diversas áreas de atuação, mas não encontra nada sobre o que estava procurando: rescisão contratual com justa causa. Não por acaso, as chances deste visitante entrar em contato com o advogado são baixíssimas!

Portanto, utilize a landing page para continuar a experiência que os fez a clicar no seu anúncio. De nada adianta criar o melhor dos anúncios se você não direcionar os clientes para a página certa. Para isto, algumas dicas são importantes:

  • Responda perguntas que seu anúncio fez
  • Reafirme o que mencionou no seu anúncio
  • Mostre-lhes como você vai cumprir o que seu anúncio prometeu
  • Use as mesmas cores e logo do anúncio 
  • Apresentar visuais que se alinham com o visual em seu anúncio ou story, se houve algum
  • Continue com o mesmo tom de voz e frases (amigável, sério, etc.)

Se você usa anúncios do Google, você pode usar  a ferramenta Quality Score do Google para verificar como a combinação da experiência da sua Landing Page, relevância de anúncio e a taxa de cliques impactam a experiência do usuário.

3. Inclua elementos para ganhar a confiança do seu potencial cliente

Esteja você ainda desenvolvendo sua reputação como advogado, ou já tenha um escritório estabelecido, assuma que ainda precisa construir confiança com novos ponteciais clientes que estejam considerando contratá-lo como advogado.

A maneira mais rápida de começar a construir essa confiança é adicionar as avaliações positivas que outros clientes deram sobre o seu serviço. A prova social é um gatilho mental muito eficaz para mostrar que existem outras pessoas, como o seu potencial cliente, que estão comprando e aprovando o seu serviço. 

Há também outras formas de mostrar sinais de confiança ao seu visitante na Landing Page:

  • Apresente depoimentos de clientes satisfeitos. É possível adicionar na landing page as avaliações que a sua empresa teve no Google.
  • Mencione prêmios que você ganhou.
  • Mencione artigos, livros e publicações relevantes que você já fez.

Você não precisa usar tudo listado acima na sua landing page. Escolha os que possibilitam o maior impacto que você pode causar ao visitante ou os mais relevantes para a landing page específica que está criando.

Neste ponto, é importante ficar atento às normas atualizadas da OAB (Provimento 205/2021 na data que este artigo foi escrito), com relação ao marketing jurídico digital, com relação ao que é permitido ou não para os advogados.

4. Tenha em mente as melhores práticas de usabilidade do site ao desenvolver a Landing Page do advogado

Algumas pessoas visitarão toda a página do advogado, mas a maioria das pessoas prestará a maior atenção ao que é mostrado na parte superior do site — a área visível que aparece na tela antes que tenha que rolar para baixo. E a parte mais vista é o canto superior esquerdo (em vermelho na imagem abaixo), de acordo com a CXL:

Portanto, use o espaço superior da landing page apresentar elementos-chave que encorajarão os visitantes a agir imediatamente ou continuar rolando para baixo:

  • Inicie sua Landing Page de advogados com uma frase que mostre os benefícios dos seus serviços.
  • Apresente um visual de alta qualidade, e que não se pareça muito com as fotos usadas normalmente na internet. Tente utilizar fotos que sejam mais autênticas. Alternativamente, apresente uma foto dos advogados no escritório.

Uma vez que os visitantes da landing page advogado viram conteúdo superior do site, eles provavelmente lerão o conteúdo em um "padrão F", como mostra esta imagem com ondas de calor nas áreas que são mais visualizadas pelo leitor:

A maioria das pessoas não lêem, elas escaneiam o texto. Um estudo de 2008 mostrou que, na média, apenas 28% do texto é lido. Hoje, muito provavelmente este percentual é menor ainda.

Então utilize da melhor maneira estas áreas do site, que são efetivamente lidas, para colocar as informações mais relevantes para o seu potencial cliente, e que irão fazê-lo entrar com contato com você.

5. Mostre ao seu visitante por que entrar em contato com você (ou assinar sua lista de email, etc) é a melhor decisão

Cada landing page de advogados precisa explicar quais perspectivas os visitantes terão se fizerem o que indica a página (clicar no botão, se inscrever na lista de emails, etc). Mas uma landing page altamente eficaz vai além de citar os seus serviço jurídico e explica por que eles são os melhores capacitados para ajudar os seus potencias clientes a resolver os seus problemas.

Por exemplo, uma landing page de altamente eficaz não apenas detalha como o advogado ajuda os clientes a preparar um testamento. Explica os benefícios em cada etapa, como tornar o processo livre de dor e garantir que os entes queridos dos clientes sejam atendidos em todos os cenários possíveis.

Uma sugestão é seguir esta fórmula ao escrever seu texto convincente (copywritting):

Tensão => desejo => ação para satisfazer o desejo.

Por exemplo, veja como você pode usar esta fórmula ao criar uma página de landing page para serviços de testamento:

  • Destaque a situação atual dos potenciais clientes.  Eles sabem que seus entes queridos não estão protegidos caso algo aconteça com eles. Talvez tenha sido uma tarefa chata na lista de tarefas deles por anos, porque ninguém quer imaginar o pior. Talvez eles já estejam passando por um problema de saúde. Além de tentar lutar contra uma doença, eles agora percebem que precisam colocar seus bens em discussão.
  • Mostre que você entende o desejo deles.  Usando compaixão e evitando qualquer culpa, mostre que você está do lado deles. Então, explique como seu serviço jurídico pode ajudá-los a superar esse desafio, e tornar o processo mais simples ou rápido do que eles podem imaginar que seja. 
  • Convide-os a agir. Peça aos visitantes que preencham um formulário para solicitar uma consulta com o advogado especializado, para que possam obter a assistência que precisam.

6. Diminua os campos do formulário na landing page

Quanto mais campos no seu formulário de contato, menos conversões a página de aterrissagem (Landing Page) irá gerar. Um longo formulário de contato pode:

  • Sobrecarregar os visitantes
  • Preocupá-los com relação à privacidade e compartilhamento de dados.

Os visitantes podem deixar de preencher o formulário e deixar para fazê-lo "mais tarde" que nunca chega, ou clicar no botão de voltar no Google para procurar concorrentes, esquecendo completamente a sua Landing Page.

Muitas vezes, é melhor fazê-los entrar em contato com você da maneira mais fácil possível, em seguida, deixá-los compartilhar suas informações quando estiverem prontos.

Para seguir as melhores práticas para um formulário de contato simples, inclua apenas solicitações para o nome do visitante e endereço de e-mail. Você pode adicionar campos para comentários, um sobrenome e um número de telefone, mas mantenha-os como opcionais. O campo de número de telefone, às vezes pode ser uma grande barreira para a conversão, já que alguns potenciais clientes não querem receber ligações indesejadas.

No entanto, às vezes um formulário longo pode ser melhor. Isso pode funcionar se você:

  • Escolher qualificar melhor seus leads, especialmente se sua empresa é bem conhecida, e você prefere minimizar o número de leads (ou contatos) que você recebe.
  • Incluir demais informações de contato, como seu número de telefone e whatsapp na landing page (além do formulário). Dessa forma, um visitante que se sente sobrecarregado pelo formulário, pode entrar em contato de outra forma, por telefone, por exemplo.

Ou seja, você pode:

  • Deixar espaço para as pessoas entrarem em contato como preferir (formulário email, telefone, etc). Hoje em dia a maioria das pessoas preferem entrar em contato pelo Whatsapp.
  • Pedir que eles escolham o serviço mais relevante no menu do formulário.
  • Permitir que eles peçam um idioma de resposta específico se sua empresa oferecer serviços em vários idiomas.

Se você atende clientes de empresas grandes, também pode solicitá-los:

  • Informação sobre o tamanho da empresa ou seu orçamento para essa parceria.
  • Considere pedir o nome da empresa, ou pelo menos sua indústria.
  • Obtenha clareza sobre quaisquer prazos difíceis que eles possam ter.

7. Preste atenção no botão de chamada para ação (CTA)

O CTA (call to cation), é o texto do botão que você quer que o seu visitante clique. Por isto, é conhecido como "chamada para ação".

Muitos sites apenas colocam um botão "enviar" ou "entre em contato conosco agora" na parte inferior de sua landing page. Mas esta é uma oportunidade perdida.

Primeiro, isto dá a impressão de que a landing page do advogado é sobre obter algo dos visitantes, em vez de dar-lhes uma solução para um problema que eles têm. Em segundo lugar, ele ignora o poder que o botão com uma ótima chamada para ação tem para continuar construindo confiança e conexões emocionais com os potenciais clientes.

Para usar melhor esta ferramenta, use o botão da chamada para ação para:

  • Lembrar os visitantes o que eles poderão receber
  • Lembrar os visitantes dos potenciais resultados terão se contratar o serviço

Mas tome cuidado nesta parte para não infringir as normas da OAB com relação ao marketing jurídico digital.

Seja sutil e não prometa soluções milagrosas. Você também pode adicionar um texto antes do botão para lembrar os leads de que não precisa ser um processo longo e complicado. Se você está focando em casos mais complexos, lembre-os que você tem advogados especializados em tais casos.

8. Certifique-se de que a Landing Page esteja em conformidade com a LGPD

Para manter-se em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), é essencial:

  • Adicione uma caixa de seleção na parte inferior do formulário solicitando consentimento à sua política de privacidade
  • Deixe sua política de privacidade fácil de encontrar
  • Inclua uma declaração clara de que os dados do visitante são seguros com você
  • Siga as diretrizes do LGPD para garantir que seus dados estejam realmente seguros com você

9. Teste continuamente e refine sua Landing Page de advogado

Com tantos elementos na landing page de advogado, é difícil saber quais causam um impacto positivo nas conversões, e quais fazem com que os visitantes decidam não clicar no botão de chamada para ação.

O melhor lema para otimizar sua Landing Page de advogados à sua capacidade máxima é: Não adivinhe — teste. Converse com o desenvolvedor do seu site sobre a melhor maneira de testar diferentes elementos em sua página. Por exemplo:

  • Compare diferentes opções para o mesmo elemento.  Por exemplo, cores diferentes no botão chamada para ação, textos diferentes no mesmo local, visuais diferentes na abertura do site.
  • Adicione e subtraia elementos.  Teste o que acontece com menos ou outros campos de formulário, com um vídeo versus sem um vídeo, ou qualquer outro elemento que você não tenha certeza se funciona ou não.

Conclusão

A landing page é uma parte essencial do crescimento da sua empresa. A página do advogado é uma oportunidade para construir confiança, mostrar perspectivas aos potenciais clientes, e desencadear uma conexão emocional inicial. É uma chance de mostrá-los que você entende os seus desafios, e tem o que é preciso para ajudá-los a alcançar seus resultados desejados.

Além disto, a landing page do advogado é um convite para iniciar uma conversa. Encoraje seus visitantes a falar com você (ou se inscrever em sua newsletter) sem prometer demais coisas que você não pode entregar. Então, quando o fizerem, você tem a oportunidade de entregar mais do que o esperado e ter um cliente 100% satisfeito.

Nós somos especializados no desenvolvimento de designs jurídicos. Entre em contato para receber um orçamento ou saber mais!

Posts Recentes

Entre em Contato Conosco

Advogado, precisa profissionalizar o seu escritório? Entre em contato com um especialista!

Inscreva-se para receber as novidades e ficar por dentro de tudo!

Todos os Direitos Reservados © 2024 Sites para Advogados
Criado por | Legal Designs